São Gabriel do Oeste/MS

21 de Abril de 2018

Carregando...

Notícias

12/04/2018

Vereadores aprovam Projeto que autoriza Executivo a contratar operação de crédito para aquisição de novos maquinários

Equipamentos serão destinados para os serviços da Secretaria de Infraestrutura

Os vereadores da Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste aprovaram por unanimidade, na última terça-feira (10), Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo Municipal a contratar operação de crédito para aquisição de máquinas, veículos e equipamentos, para o desenvolvimento de atividades da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

De autoria do Executivo, o Projeto de Lei 004/2018 autoriza operação junto ao Banco do Brasil, até o valor de R$ 3 milhões. Conforme os vereadores, a Prefeitura informou que, deste valor, pretende financiar aproximadamente R$ 1.576.000, para aquisição de dois caminhões traçados com caçamba (R$ 330 mil, cada), uma motoniveladora (R$ 650 mil) e um implemento ‘vassourão’ (R$ 446 mil) para limpeza urbana. 

Ainda segundo informações da Prefeitura, a carência estimada é de aproximadamente um ano, a contar da assinatura do contrato.  De acordo com os vereadores, a contratação de empréstimo, neste caso, só é permitida por se tratar de investimentos em equipamentos maquinários, que serão utilizados na melhoria dos serviços para população, sendo que as aquisições integrarão o patrimônio público municipal.

Durante a discussão do Projeto, o vereador Fernando Rocha destacou a necessidade de máquinas para otimização dos serviços, salientando que a Administração, fica responsável em fazer as aquisições, levando em consideração as possibilidades financeiras do Município e os princípios legais.

Os vereadores Marcos Paz e Luizinho do Ferro Velho reforçaram os atuais gastos da Prefeitura com manutenção de maquinários, justificando a necessidade de novos equipamentos, e sugeriram que Executivo use a carta de crédito para aquisição de pelo menos mais um caminhão, e uma pá carregadeira. Os vereadores Rogério Rohr, Rose Pires, Rosmar Alves, Ramão Gomes e Angelo Mendes também comentaram a importância do Projeto, diante da necessidade de novos equipamentos.

Conforme o presidente da Casa de Leis, vereador Valdecir Malacarne, o Projeto limita, em R$ 3 milhões, o valor máximo de financiamento, porém, neste primeiro momento, a Prefeitura  anunciou estimativa  gasto na ordem de R$ 1,57 milhão, o que demonstra responsabilidade na gestão dos recursos públicos. Os vereadores Vagner Trindade e Roberto Emiliani também foram favoráveis à proposta.

Com aprovação, o Projeto agora segue  para sanção do prefeito municipal.
 
 

Autor - Alexandro Barboza

SITE DESENVOLVIDO POR: